Terça-feira, 20 de Julho de 2010

E AGORA SEUS PSEUDO INTELECTUAIS ??

 

 

Valentim Loureiro e João Loureiro foram absolvidos no processo de corrupção desportiva relativo ao Boavista-Estrela da Amadora de 2004. O processo tinha sido extraído do apito dourado e estavam em causa crimes de corrupção desportiva nas formas activa e passiva.
A magistrada dos Juízos Criminais do Porto considerou que o Ministério Público deduziu uma acusação apoiada em suposições.
Este era o único caso que chegou a julgamento de entre as 17 certidões extraídas do processo Apito Dourado de Gondomar. Para além de Valentim Loureiro e João Loureiro, foram também absolvidos, os co-arguidos Jacinto Paixão (árbitro), José Alves (observador) e Pinto Correia (responsável pela arbitragem).
João Loureiro, ex presidente do Boavista, não tem mais processos relacionados com o clube. Todas as certidões extraídas do apito dourado, foram arquivadas. João Loureiro, numa entrevista a BB, abre o livro e entende que para além de uma indemnização, o Boavista deverá ser recolocado na 1ª Liga de Futebol.                     
João Loureiro esperava que a direcção do Boavista lute agora para a reposição da justiça, também no âmbito desportivo. O Boavista tem o direito de reclamar a reposição do clube na 1ª Liga de Futebol.
João Loureiro e o Boavista ficam com o nome limpo depois da absolvição no processo Boavista-Estrela. A administração do Boavista, lembra que acabaram os processos e foi por causa desses processos que a Comissão Disciplinar decidiu despromover o clube.

 


publicado por Rapazes do Bessa às 22:58
| comentar | ver comentários (3)

pesquisar

 

Visitas

asp hit counter

Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


links

arquivos

Setembro 2011

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

eXTReMe Tracker
online